JoAnInHaS falam no silêncioOoOo (:|:)

…e o que elas escrevem?!

.querido.diário.virtual.

Hoje é um daqueles dias chuvosos e tristes. Meus preferidos. Perfeito para uma soneca depois do almoço. Mas a vida aqui no escritório é tão agitada, que não paro nem para o horário do almoço. Neste exato momento estou na sala de reuniões. Meu chefe é um dos sócios da empresa “Fhytress e Associados”. São quatro irmãos advogados, sócios, amigos e rivais também.  Meu chefe, o irmão mais velho e sócio majoritário, não costuma pegar nenhum caso, trabalha mais na área burocrática de administração da empresa matriz e suas filiais. Hoje, a pauta da reunião, trata da construção de um novo prédio para atender causas públicas, custeadas pelo governo. Estão aqui os quatro irmãos, cada um com sua secretária particular, 2 arquitetos, 3 engenheiros, 3 empreiteiros, 1 decoradora, os 3 contadores da empresa,  e um moço servindo o café. Sim, 21 pessoas nesta sala que está bem fria por sinal. E cada um de nós com uma opinião diferente, desempanhando pápeis diferentes, e , imagino eu, querendo estar em um lugar diferente com pessoas diferentes também. Essa reunião já dura 1 hora e meia. E está muito enfadonha.  Agora um dos contadores começou a falar sobre a disponibilidade financeira da empresa e sobre a verba que virá do governa para ajudar a custear a obra. O irmão mais novo do meu chefe fez cara feia. Acho que ele não gosta muito desse contador. O moço do café derramou açucar na roupa de um dos engenheiros, e discretamente está tentando limpar a bagunça. A decoradora já abriu a boca de sono umas 4 vezes. Coitada. Ela tem um bebê de 8 meses. Deve ter passado a noite em claro. Um dos engenheiros não pára de encarar a secretária de um dos irmãos do meu chefe. Parece que ela está gostando. Mas não é bom ela dar muita trela porque o homem é casado. O outro contador começou a falar também apontando uma outra proposta pra o melhor uso da verba governamental. Um dos arquitetos não pára de mexer no cabelo. Deve estar impaciente. Ele olha para o relógio toda hora. Um dos empreiteiros começou a espirrar. Deve ter ficado resfriado com esse friozinho que apareceu nos últimos dias. Ele está espirrando mesmo. Pediu licença e saiu da sala. Um dos irmãos do meu chefe fez uma pergunta, que eu não entendi muito bem,  para um dos outros dois contadores. Parece que ele não está concordando muito com a forma que o dinheiro será aplicado. O contador respondeu detalhadamente. E o moço do café, ainda meio desajeitado, está servindo um dos engenheiros, que prefere adoçante ao invés de açúcar. O irmão do meu chefe não gostou da resposta do contador. E  começou a contestá-lo. O outro contador entrou com outro argumento. Meu chefe concordou. Mas o irmão dele ainda não está satisfeito. O clima ficou meio tenso.  Ixi, a outra arquiteta começou a espirrar também. Uma das sercretárias alcançou um lenço de papel para ela. O outro irmão de meu chefe está tentando apaziguar as coisas. O irmão mais novo dele disse agora que também não está concordando. O empreiteiro voltou para a sala com a pontinha do nariz vermelho. Todos olharam para ele, inclusive eu. Meu chefe está dizendo que fará uma reunião somente com os 4 irmãos e os contadores para resolver isso. Menos mau, porque uma discussão agora seria muito frustrante, para nós é claro, que não vemos a hora de ir embora. De tanto bocejar, a decoradora contajiou uma das sercretárias e um dos empreiteiros que não param de bocejar agora também. Isso está mesmo um tédio. Parece que o relógio está andando para trás. Meu chefe ficou de pé. Finalmente, isso quer dizer que a reunião vai  terminar. Ele está discursando sobre as decisões que ainda preicsam ser tomadas. Acho que hoje vai dar tempo de ter um almoço decente. Meu chefe marcará uma outra reunião e mandará informar a todos. Perguntou se alguem tem mais alguma consideração a fazer. Ai tomara que não. Isso está mesmo muito chato. Todos ficaram em silêncio. O moço do café derrubou alguma coisa e fez um estardalhaço. Coitado, ficou vermelho e está pedindo desculpas. O irmão mais novo do meu chefe não gotou nada, como sempre. Uma das secretárias levantou para ajudá-lo. Meu chefe está agradecendo a presença de todos, mas antes de sairem pede para que escutem a leitura da ata da reunião que deveria ter sido redijida por mim. E agora?!  Eu fiquei aqui escrevendo no meu diário para me distrair e não escrevi ata nenhuma!!! Ele está me olhando com uma cara muito feia… Ai, ai, ai!!!

(:|:)

Anúncios

3 de abril de 2009 - Posted by | Cotidiano | , , , , , , , ,

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: