JoAnInHaS falam no silêncioOoOo (:|:)

…e o que elas escrevem?!

.carazinho.

Sabe aquela árvore… Logo ali no gramado? Quem a plantou? E por que ela está ali? Ela é tão convidativa… Tão simples. Solitária. Tão ela… Tão árvore! Será que ela pensa? Será que sente? Será que fala? Será que ouve? Será que abraça?

|18|fevereiro|2009|

(:|:)

Anúncios

31 de janeiro de 2010 Posted by | DiVaGaÇõEs | , , | Deixe um comentário

.em.holândes.

Krijg binnenkant van je kleine wereld | Hij heeft een geschenk voor u klaar hier | Als u de deur naar eenzaamheid open gaat weg | Ah! baby, en je het mij vraagt: | ‘Als ik de deur zal er licht buiten open?’ | En ik zeg, | ‘Oh, nou, ontdek je dat’ | de deur open. | Neem het risico. | Erase de abajour en kom zie het licht van de maan.

(:|:)

27 de janeiro de 2010 Posted by | Romances | , , | Deixe um comentário

.em.português.

Sai de dentro deste seu mundinho | Tem um presente te esperando aqui fora | Se você abrir a porta a solidão vai embora | Ah! meu bem, e você me pergunta: | ‘Se eu abrir a porta haverá luz lá fora?’ | E eu te respondo: | ‘Ah, meu bem, descubra voce mesmo’ | Abra a porta. | Corra o risco. | Apague o abajour e venha ver a luz da lua.

(:|:)

22 de janeiro de 2010 Posted by | Romances | , , , , | Deixe um comentário

.sem.título.

Já era tarde

Tarde demais

Corri pra pegar o trem e ninguém

me disse qual era o lado certo

do disco que vovó ouvia

Ouvia a chuva que caía

Caía e levantava e caminhava e sonhava

com um beijo, um beijo seu

Seu olhar me disse que você me amou

e ainda ama, mas agora já era

Era tarde demais

 

Eu não sei o que você pensa

e nem quero saber,

nem quero saber,

nem quero entender.

 

Mude de ritmo, de rumo e de rima

Contudo, sobretudo e acima de tudo

mude também.

(:|:)

19 de janeiro de 2010 Posted by | Realidade | | Deixe um comentário

.a.velha.fofoqueira.

“O menino correu do outro lado da plataforma para cá. Eu bem vi. Ele queria alcançar a menina do outro lado. Mas acho que ela não deu muita bola pra ele, não; porque ele chamou por ela e ela deu uma olhadinha pra trás e só. Continuou a caminhar no mesmo ritmo. Ele teve que se apressar mais para alcançá-la. Acho que no fundo, no fundo, ela estava gostando daquela atenção. Isso foi ali. Eu bem vi.”

(:|:)

19 de janeiro de 2010 Posted by | Cotidiano | , , , , , , , | Deixe um comentário

.feh.

Não, não, não.
Não sou daqui, tenho certeza disso.
O lugar de onde vim ainda nãO existe.
Quando eu abrir a porta haverá luz lá fOra?

Pense bem.

(:|:)

17 de janeiro de 2010 Posted by | DiVaGaÇõEs | , , , , , , , | Deixe um comentário

.nada.mais.que.isto.

Não parava de chover naquele domingo. Era uma chuva silenciosa e teimosa. O céu cinzento. Tudo muito quieto. Nada como como ficar assitindo filmes, comendo  pipoca e chocolate e desfrutar da presença dos amigos. Era um daqueles dias em que ficar entocado dentro de casa com pessoas maravilhosas era suficiente, nada mais que isto.

Tácia abriu um pouco a janela para o ventinho frio entrar na sala. O céu ficou mais carregado e a chuva levemente mais grossa. Na televisão o triller de um filme de ação começava a passar e o microondas apitou avisando que a pipoca estava pronta.

Ela correu até a cozinha e despejou a pipoca numa bacia enorme. Pegou todos os chocolates que estavam na geladeira. Se aconchegou no sofá com aquele monte de almofadas em sua volta. Tudo estava perfeito demais naquele dia chuvoso.

Se não fosse o fato de ela não ter amigos, ela com certeza teria sorrido quando o filme começou.

(:|:)

11 de janeiro de 2010 Posted by | Cotidiano, DiVaGaÇõEs, Realidade | , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

.bem.aqui.

Minhas unhas estão azuis. Comi salgadinho e tomei sorvete. Desenhei uma flor e escrevi 3 cartas para a mesma  pessoa. Me pediram perdão e eu perdoei. Não tirei o esmalte azul das unhas. Tomei banho de mangueira. Falei ao telefone mais vezes que o comum. Li um pouco dos 4 livros que estou lendo. Abracei meus pais. Beijei meus sobrinhos. Parei para sentir o vento no rosto. Ri de besteirinhas e ri mais um pouco. Mesmo com o esmalte azul você ainda estava e está nos meus pensamentos.

(:|:)

3 de janeiro de 2010 Posted by | DiVaGaÇõEs, Romances | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | 1 Comentário